A esquerda reaça quer criminalizar a homofobia | Instituto Mercado Popular